10ago

Organização no apartamento: 5 dicas com Marie Kondo!

Se você gosta de arrumação, certamente já ouviu falar sobre ela, Marie Kondo! Especialista nessa área, a japonesa Marie Kondo é conhecida como um fenômeno da arrumação, ajudando milhões de pessoas a organizarem suas vidas – literalmente!

No best seller, “A mágica da arrumação”, a autora explica que há fatores psicológicos por trás da organização da casa e, consequentemente, das nossas vidas.  Por isso ela defende a ideia de que amar e cuidar do nosso corpo, mente e ambiente para que isso reflita positivamente em nossos lares e em nossa vida pessoal. Confira agora 5 dicas da autora para você aplicar em seu dia a dia:

Dica 1: Vá por partes


O método KonMari considera que toda bagunça da casa pode ser dividida em apenas cinco categorias: roupas, livros, objetos de valor sentimental, papéis (aqui entram documentos e contas, por exemplo) e “komono” (termo usado para descrever a miscelânea de itens que se acumulam na cozinha, banheiro e garagem).  A dica é identificar essas categorias na sua casa e organizá-las uma a uma de forma detalhada e atenciosa.

 

Dica 2: Mantenha o que traz alegria


Você mantém apenas o que te traz alegria em seu apartamento? Uma das principais ideias de Marie Kondo para acabar com a bagunça é manter em casa apenas o que traz alegria. O conceito parece vago para muitas pessoas, mas a especialista explica: “É importante segurar cada item durante a arrumação. Quando tocar uma peça que te traz alegria, você sentirá. É uma sensação positiva, de aconchego”.  Ela afirma que no começo pode ser difícil compreender o sentimento, mas ao longo da organização esse momento vai ficando mais claro. Durante a arrumação, é bem provável que você perceba que vem guardando muitas coisas que não alegram sua vida – é delas que você deve se desfazer, segundo a organizadora.

 

Dica 3: Faça uma pilha

Excesso de objetos, sapatos e roupas é uma questão frequente que pode tornar o seu apartamento desorganizado. Dessa forma, ao começar a organização, empilhe todas as vestimentas em cima da cama, por exemplo. Assim, é possível ter uma visão clara da quantidade de peças – e o próprio tamanho da pilha já vai te convencer de que é preciso se livrar de algumas coisas. Então é só começar a separar o que sai e o que fica, de acordo com o que te traz alegria, como foi citado na dica anterior.

 

Dica 4: Tenha gratidão pelas peças que irão embora


Faz parte do método KonMari agradecer por ter usufruído de uma roupa ou objeto quando se desfizer dele. Segundo a autora, até mesmo uma peça que ficou guardada por anos com a etiqueta, sem nunca ter sido usada, deve ser agradecida antes de ser doada – afinal, ela cumpriu a função de te trazer um aprendizado.

 

Dica 5: Cada um com a sua bagunça

Quando há mais de uma pessoa adulta vivendo na casa é importante que cada uma foque apenas na organização de seus itens pessoais, sem interferir no que a outra deve manter ou descartar. Cada pessoa precisa refletir individualmente sobre seus objetos e decidir por conta própria o que traz alegria para si.

E você? Ficou inspirado com essas dicas? Nos conte depois do resultado! Para mais dicas e sugestões de organização acompanhe o nosso blog.