19maio

Em alta, mercado imobiliário deve crescer entre 5% e 10% em 2021, prevê CBIC

 

Manutenção das taxas de juros mais baixas, novas modalidades de financiamento e crescimento estimado de 3,5% do PIB são fatores que irão impulsionar o segmento

 

O mercado imobiliário segue no mesmo ritmo do ano passado e deve crescer entre 5% e 10% em 2021, segundo estimativa da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (CBIC). De acordo com especialistas do setor alguns fatores são importantes, como a manutenção das taxas de juros do financiamento imobiliário em patamares baixos, estimativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro na casa dos 3,5%, avanço de reformas como a administrativa e a tributária, além de novas linhas de crédito habitacional.

Para os empresários do setor, o momento é de otimismo, como é o caso da Realmarka que em 2020 registrou um crescimento de 60%. A expectativa é que em 2021 esse aumento seja entre 80% e 90%.

A construtora é uma das que mais cresce em Curitiba e Região Metropolitana. A empresa se destaca por seus empreendimentos diferenciados, investindo em tecnologia sustentável, com foco no desenvolvimento de empreendimentos com atributos voltados à qualidade de vida e bem-estar dos moradores.

Conheça mais sobre a Realmarka e seus empreendimentos.

Acesse:www.realmarka.com.br